Cura Prânica

 

A Cura Prânica (Pranic Healing) é uma antiga ciência e arte que foi sistematizada pelo Mestre Choa Kok Sui, nascido na China e radicado nas Filipinas. Foi introduzida no Brasil em 1992.
A partir da Cura Prânica Básica se desenvolveram a Cura Prânica Avançada, a Cura Prânica à Distância, a Cura Prânica com Cristais, a Psicoterapia Prânica, a Auto Defesa Psíquica e Técnicas de Prosperidade.
É um método rápido e eficiente para tratar desarmonias físicas, psicológicas, emocionais e espirituais.

A Cura Prânica (Pranic Healing) visa reequilibrar a energia vital e os chakras, canalizando o Prana, que, atuando no corpo bioplasmático, tem conseqüências fisiológicas ou seja, promove a cura.

O corpo físico do homem se compõe de duas partes: o corpo físico visível e palpável e o corpo bioplasmático, formado por uma energia sutil e invisível. Esses corpos se interpenetram e interagem num vínculo de troca de energia. 
Nos alimentamos de energia vital – também conhecida por força vital, Prana, ki, pneuma, mana, ruah – deste manancial que é o Universo, nas suas manifestações naturais: ar, terra e água.
Possuímos centros de captação e irradiação energéticos: os Chakras, que estando em desequilíbrio, não captam a energia vital (o Prana) e a desperdiçam. Essa energia é necessária à nossa saúde física, mental, emocional e espiritual.
Com o conhecimento do processo energético, o terapeuta prânico localiza onde há o desequilíbrio e remove o Prana deletério recolocando logo a seguir o prana puro e saudável, captado do ar. Assim, reequilibra o corpo energético e, como consequência, o físico, o mental e o emocional.
 

É um trabalho feito com conhecimento, que não encontra lugar para mistificação pela sua lógica e simplicidade. Os resultados podem ser comprovados instantaneamente ou aos poucos, dependendo do comprometimento físico e energético do paciente.
Muitas vezes nos sentimos cansados e exauridos, sem razão aparente, quando entramos em contato com algumas pessoas. As pessoas que se encontram fracas e sem energia tendem a absorver energia Prânica daquelas que as tem em equilíbrio, pois sem sentirem (ou sentindo), essas pessoas agem como verdadeiros “vampiros energéticos”. A conseqüência disto é de sentirmos os sintomas doentios que as pessoas portavam ao nos contatar.
É necessário termos o conhecimento de técnicas de auto-ajuda e recorrer a profissionais que trabalhem com o equilíbrio energético, como o Curador Prânico.